Quero Consultoria

Preencha nosso formulário, logo entraremos em contato.

Você está querendo abrir um negócio?

Você está no lugar certo.


Veja este vídeo de 3 minutos logo abaixo ou leia um pouco do que preparamos para você no restante da página.

Reproduzir vídeo


“Jamais, mas jamais mesmo, abra um novo negócio sem fazer antes um Plano de Negócio e preferencialmente com a ajuda de um especialista. Não faça do seu negócio uma cobaia. Na realidade, a cobaia vai ser você e seu caro dinheiro”.

Consultor empresarial Flávio Barcellos

Minha carta para você

Caro Empreendedor.

Se você está pensando em abrir um negócio, seja totalmente novo, seja uma nova unidade de um negócio já existente, podemos ajudar com teoria e prática.

Nesses tempos de excesso de informação, nossa dica é que leia mais abaixo curtíssimos resumos de 6 artigos sobre temas essenciais na abertura de um negócio.

Aposto que você não conseguirá ficar apenas no resumo de alguns temas e antecipo que mesmo as íntegras são breves.

Não deixe de ler. Se gostar e permanecer decido em seguir em frente com seu sonho, faça um orçamento conosco. Não custa nada e é bem esclarecedor.

Com a ProLucro seu plano de negócio, além de todos os itens clássicos, terá um grande diferencial. A ProLucro programa um aplicativo em planilha eletrônica modelado especificamente para o seu caso, permitindo uma simulação de infinitos cenários. Se tiver uma modelagem viável, nós vamos achar juntos. Tudo muito ágil e seguro, sem erros.

Corra atrás dos seus sonhos. Nunca, nunca mesmo, desista. Sempre haverá uma hora e uma forma de viabilizá-lo.

Grande abraço e votos de sucesso sempre.

Flávio Barcellos Guimarães

CEO e Consultor

Não é hora de preguiça, um erro pode ser fatal. Leia tudo que puder antes de se aventurar em abrir um negócio.
Ou vá direto no consultor usando o formulário no pé da página.

O artigo mostra que as principais razões de fechamento prematuro das novas empresas estão distribuídas em 3 grandes grupos:

  • não fazer um bom planejamento antes de abrir;
  • não implantar um bom modelo de gestão;
  • não se comportar como deve todo bom empreendedor. 

Em seguida cita os itens que caracterizam um bom Plano de Negócio, na realidade um desdobramentos dos três itens acima.

Chega então a parte mais interessante do texto, que descreve os seguintes perfis:

  • Quem não implanta um plano de negócio depois de pronto
  • Quem implanta mesmo, de verdade

É bastante curioso o assunto. Mesmo planos absolutamente viáveis não são implantados. Veja então que elaborar um Plano de Negócio é essencial. Mesmo os viáveis podem não ser implantados.

Esse texto foca os prosaicos motivos que levam um empreendedor a não elaborar um bom plano de negócio antes de abrir seu novo negócio.

São motivos itens como:

  • Toma muito tempo
  • Não é tão necessários assim
  • Não sei fazer um plano de negócio
  • Custa caro
  • Só faço as coisas “do meu jeito”
  • O sucesso só vem para que acha a fórmula mágica, não precisa de um plano
  • Nem sei o que é um plano de negócio

Fazer um bom plano de negócio não garante 100% de sucesso futuro, mas os despreparados ficam no caminho, e essa é a forma mais econômica dessas pessoas recuarem. Fracassar em um negócio é doloroso e caro, sendo preferível perder apenas o valor investido na elaboração do plano. E não se perde tudo, pois participar da elaboração de um plano de negócio é um grande aprendizado, útil para sempre.

Esse artigo aborda uma questão mais teórica, mas útil na hora de pesquisar ou contratar um plano de abertura do seu negócio. Como chama o você realmente  precisa?

Existem vários termos que tratam do mesmo tema, a fase de checar a viabilidade de uma ideia, que passa por pensar toda sua implantação.

Plano de negócio é o mesmo que estudo de viabilidade ou análise de viabilidade de um negócio? 

Essa dúvida pode te atrapalhar ao pensar em fazer ou contratar um plano que vai checar a viabilidade de sua ideia e orientar como avançar para a parte prática, a abertura efetiva do negócio.

O texto mostra que não existem definições que diferenciem de forma clara esses termos e que eles são comumente usados para se referir a trabalhos similares. Ele conclui que, na prática, são a mesma coisa. E propõe, ao fim, uma definição única que tenta abarcar todos os termos. Será que conseguiu?

Essa é a pergunta que todo interessado em abrir um negócio deve responder antes de começar seu planejamento. 

O texto reduz a duas possibilidades:

  • Plano de Negócio; ou
  • Pesquisa de Mercado.

Em resumo, diz que devem começar pelo Plano de Negócio quem nunca teve um negócio similar ou quer que a nova unidade seja significativamente diferente. Isso inclui quem nunca teve um negócio, claro. Esse grupo concentra a grande maioria dos empreendedores interessados em abrir um negócio.

E deve optar pela Pesquisa de Mercado quem já tem ou teve um negócio similar e conhece bem as margens de lucro e o valor necessário do investimento.

Na prática, o Plano de Negócio precisa de pelo menos uma prospecção de mercado feita junto aos concorrentes. Em muitos casos isso torna a pesquisa de mercado clássica desnecessária.

Os interessados em fazer um plano de negócio devem considerar fortemente a possibilidade de contratar um especialista, um consultor.

Nos outros textos isso é colocado como algo fundamental. Mas saber antes quanto isso custará é bem interessante e útil. Esse texto mostra o que influencia o preço que os consultores cobram e dá vários exemplos práticos.

São apresentados orçamentos preliminares para negócios de diversos tipos e porte que foram classificados em:

  • Microempresas com investimento até R$ 100 mil
  • Um pequeno comércio com investimento até R$ 300 mil
  • Um pequeno serviço ou indústria com investimento até R$ 300 mil
  • Empreendimentos similares com investimento entre R$ 500 mil e R$ 1 milhão
  • Empreendimentos Complexos e/ou de investimento acima de R$ 1 milhão
 Mas cotar ainda é o melhor caminho, sempre. Não custa nada e é bem mais preciso.

Esse último texto abordas a questão da consultoria online, ou consultoria à distância.

A abordagem não é específica para plano de negócio, mas consultoria em geral. E não se limita à consultoria online, mas à consultoria como um todo.

Aborda os três paradigmas que a ProLucro vem quebrando:

  • fazer com que pequenas empresas contratem consultoria;
  • que aceitem que ela seja à distância;
  • e que a empresa contratada não dependa de uma indicação de terceiros, mas apenas fruto de pesquisas do interessado na Internet e sua busca de referências digitais.

E se a distância não é um impedimento, os custos ficaram mais acessíveis e os benefícios serão maiores que os custos. A questão não é se você deve ou não contratar consultoria, mas qual contratar. Pense agora que conhecimento precisa comprar e vá para a grande loja, a Internet. Ache empresas de consultoria online, certifique-se antes se inspiram confiança e cote. E cote com a ProLucro também.

 

Veja o que nossos clientes falam da ProLucro.

Preencha nosso formulário, logo entraremos em contato.