Abrir uma empresa: Problemas ComunsVocê avaliou diversas idéias de negócios, pesquisou previamente os mercados, fez um excelente planejamento, enfim, está tudo como deveria ser para abrir uma empresa e se tornar um sucesso, com plena satisfação pessoal e ganhando um bom dinheiro. Acalme se; nem tudo é um mar de rosas. Esteja preparado para os problemas a seguir que são os  mais comuns após iniciar o negócio.

Atraso na regularização da documentação da empresa.

Este é um problema mais comum do que podemos imaginar. Mesmo você tendo pesquisado todas as licenças e registros necessários para abrir a empresa, muitas vezes podem ocorrer atrasos que podem custar alguma parte do capital de giro da empresa. Tal previsão para atrasos deveria estar no plano de negócios como uma reserva para contingências, mas nem sempre é isto o que acontece.

Imagine que ocorra um atraso de 60 dias em uma licença, a qual impede o funcionamento da empresa, como no caso de uma licença da vigilância sanitária para funcionamento de uma farmácia. Além do mais, muitas vezes o empreendedor tem despesas pessoais que já estavam previstas para os seis primeiros meses de funcionamento do negócio e com este atraso pode atrapalhar todo seu planejamento.

Excesso de tributação e falta de conhecimento dos valores.

Que a carga tributária do Brasil é uma das maiores do mundo isto não é novidade para ninguém. No entanto, o custo de deixar de fazer qualquer obrigação tributária, seja obrigação acessória (ex: preenchimento adequado de documentos exigidos) ou obrigação tributária principal (ex: pagamento do imposto devido) pode custar muito mais caro, em forma de multas ou até mesmo impedir o perfeito funcionamento da empresa.

Leia mais:   Quer abrir um negócio? Saiba por onde começar!

Entrando um pouco no próximo tópico, é preciso conhecer muito bem os impostos incidentes na sua atividade, pois eles têm impacto direto no preço de venda dos seus produtos ou serviços.

Definição inadequada do preço de venda.

Tanto para empresas inexistentes quanto para novas empresas a definição adequada do preço de venda é uma das dificuldades que o empresário enfrenta. É preciso saber que a formação do preço de venda passa por cálculos financeiros (custos operacionais + custo do produto + lucro pretendido), análise do mercado e dos preços praticados pela concorrência. Formar o preço de venda vai muito mais além do que adicionar um valor percentual sobre o preço da nota fiscal.

Fluxo de caixa insuficiente.

Várias são as causas que podem levar uma empresa a um fluxo de caixa negativo e esta é uma das causas da mortalidade precoce de empresas. É muito importante e cada empresário deveria ter uma preocupação especial com ter um sistema de informações que permita monitorar o fluxo de caixa freqüentemente. Muitas vezes o empresário nem sabe quanto tem a receber e a pagar no mês corrente. Faça um teste na sua empresa, quanto você tem para pagar na próxima semana? E até o final do mês? E a receber?

Falta de financiamento para novas empresas.

Assim como para abertura de uma empresa quanto para empresas com menos de um ano de funcionamento é praticamente impossível conseguir financiamento para investir ou tocar o negócio.  Uma necessidade de financiamento muito comum é para capital de giro, devido ao planejamento inadequado e falta de um valor reservado para contingências.

Leia mais:   Construindo Estratégia Competitiva
Falta de planejamento

Uma das razões mais freqüentes para o fracasso das empresas é a falta de planejamento. Aqui estamos falando do planejamento após a abertura da empresa. Muitas vezes o empresário está tão concentrado na resolução dos problemas diários de empresa que não consegue ter uma visão geral do cenário em que a empresa se encontra para prever uma tendência de mercado e antecipar as ações necessárias para aproveitar uma oportunidade ou até mesmo defender se de uma ameaça do ambiente em que a empresa está inserida.

Planejamento inadequado do estoque.

Outro principal problema das novas empresas é a falta ou planejamento inadequado do estoque. O estoque consome dinheiro, estoque em excesso é dinheiro parado e que normalmente é escasso nas novas empresas. Um bom planejamento de estoques deve levar em consideração o volume de vendas mensais, o prazo de reposição dos estoques (desde o pedido com o fornecedor até a entrega efetiva dos produtos) e o estoque mínimo para cada produto. Muitas vezes o capital de giro que você precisa está parado no seu estoque. Pense nisso.

E você o que acrescenta na nossa lista? Deixe um comentário.

Por:  Vinícius Gonçalves
Portal Novo Negócio (link)

Related Post

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?