como fazer um planejamento estratégicoO planejamento estratégico é um estágio essencial em qualquer processo do desenvolvimento humano. Na verdade, muita gente que jamais ouviu a expressão “planejamento estratégico” utiliza os seus conceitos em suas atividades cotidianas. Tomemos como exemplo a agricultura. Como é do conhecimento de todos, na sociedade pré-agrícola o homem era um nômade, e gastava quase todo o seu tempo em atividades extrativistas destinadas a obter o alimento de cada dia. Somente quando uma parcela da população foi deslocada para trabalhar exclusivamente na agricultura, garantindo assim um abastecimento regular, é que foi possível aos demais membros da sociedade fixar-se em cidades e dedicar-se integralmente às atividades comerciais e científicas essenciais à produção de riqueza e ao progresso tecnológico.

E a agricultura é uma atividade onde a ausência de um planejamento estratégico é o caminho certo para a ruína. Apesar de muitas vezes não possuir um planejamento no papel – até um passado relativamente recente uma grande maioria dos camponeses era mesmo analfabeta – no interior do seu cérebro o agricultor sabe muito bem as épocas do ano apropriadas à semeadura de cada tipo específico de cultura, às suas respectivas colheitas, e os cuidados e manejos indispensáveis a evitar pragas e quebras de safra. Assim como o empreendedor moderno, o agricultor de todas as épocas possui um sofisticado plano estratégico, composto de ações específicas voltadas ao atingimento de suas metas, quais sejam, chegar ao fim de cada ciclo agrícola de posse de uma colheita em volume suficiente para prover à subsistência da sua família e, se tudo correr bem, com a geração de uma produção excedente que ele possa trazer ao mercado.

Leia mais:   6 dicas para transformar o seu hobby em um negócio lucrativo

Seja qual for a sua atividade, agricultura, indústria, comércio, serviços ou o que for, pode até ser que a sua organização comece as suas atividades na ausência de um planejamento estratégico empresarial. Mas no momento em que você sente a necessidade de expandir as suas atividades, ampliar a sua base de clientes, contratar mais gente para integrar a sua equipe, enfim, no momento em que você decide CRESCER… um plano passa a ser indispensável.

Mas, como fazer um planejamento estratégico? Apesar de em última instância envolver conceitos e valores eminentemente materiais, o plano estratégico empresarial nasce de uma necessidade fundamentalmente abstrata e filosófica: Qual é a missão da sua empresa? Onde você pretende chegar com ela? Quais são os limites da sua ambição? Quantos anos serão necessários para esse sonho tornar-se realidade?

Depois de meditar longamente a respeito dessas questões fundamentais, o seu plano estratégico empresarial nada mais será do que o mapa da mina, um planejamento inteligente e metódico destinado a estabelecer metas e cronogramas para que os vários estágios da sua jornada rumo ao seu sonho de realização pessoal sejam cumpridos de forma ordenada e racional.

Mas nenhum plano desse tipo pode ser estático e monolítico. Ao contrário, para ser de fato eficiente, e pela sua própria natureza, um plano estratégico deve ser sobretudo elástico e dinâmico. Ao longo do seu percurso, você voltará a debruçar-se frequentemente sobre o seu plano original, para reavaliá-lo, corrigi-lo, adaptá-lo a novas realidades. E em alguns casos especiais, o empreendedor de personalidade pode mesmo arquivar o seu plano, em caráter temporário ou definitivo, se concluir que os seus prazos de execução na atual conjuntura sejam mais longos do que ele esteja disposto a esperar.

Leia mais:   Entenda a importância da Consultoria Empresarial

Marco Fernandes

ProLucro Consultoria Empresarial

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?