Como saber o momento certo para uma atualização tecnológica da sua empresa?Muitos líderes empresariais adiam a atualização tecnológica do seu equipamento até serem virtualmente forçados a fazê-lo. E como é geralmente uma boa idéia realizar testes intensivos após toda atualização, os atrasos que isso acarreta podem no final das contas custar um bom dinheiro à sua empresa – especialmente quando essas antigas plataformas são afetadas por bugs e vulnerabilidades diversas. Mas agir rápido demais pode ser um problema também: isso poderia expô-lo a softwares ainda não suficientemente testados, e que eventualmente poderiam ocasionar uma ruptura em seu fluxo de operações. Haveria, então, um meio termo aceitável para saber-se o momento certo de atualizar os sistemas tecnológicos da sua empresa?Relacionamos abaixo um punhado de coisas que devem-se ter em mente antes de se acionar o gatilho de uma atualização tecnológica profunda em sua empresa:

Pode ser que você não precise realizar toda pequena atualização que surgir.

Não é necessário que a sua equipe de TI passe o tempo todo atualizando a tecnologia da sua firma, particularmente quando você não precisa da última versão do software, ou não exista nenhuma vulnerabilidade potencial de segurança, ou quando as mudanças forem mínimas. Muitas vezes, o fabricante libera novas versões do software unicamente para atender a circunstâncias que só interessam a uma minoria de seus usuários.

Evidentemente, está cada dia mais difícil distinguir uma atualização “profunda” de uma atualização “superficial.” O Firefox, por exemplo, está na versão 30 para algumas plataformas, e o sistema de numeração faz parte mais de uma estratégia de marketing do que de algo verdadeiramente significativo. Por outro lado, o novo iOS 8 da Apple contem algumas importantes funções novas.

Leia mais:   Como conduzir uma conferência no Skype

Confira se a sua atual versão tem ainda o suporte do fabricante.

O Windows XP é um bom exemplo disso, pois o suporte ao produto expirou em abril deste ano. Tudo bem, essa foi uma morte longamente anunciada, mas se o seu escritório estiver ainda teimosamente rodando sistemas XP, você deveria reservar um tempo para migrar para algo mais novo tão logo isso seja possível. O mesmo é verdadeiro para a versão 6 do Internet Explorer: foi bom enquanto durou, mas está na hora de ir em frente, pessoal. A utilização de softwares nessa situação expõe os seus sistemas a sérias vulnerabilidades de segurança. Ainda que os custos de atualização possam às vezes alcançar níveis proibitivos, o custo potencial de uma brecha séria de segurança pode ir muito além de um mero impacto financeiro.

Com medo de que algo possa quebrar? Espere até que outros testem a atualização primeiro.

Esta é uma boa estratégia no que se refere à atualização de novas versões do iOS: há muitos entusiastas que adoram ser os primeiros a instalar a mais recente e sensacional novidade da Apple. Espere uma semana ou duas, até ter certeza de que a atualização não irá quebrar nada de importante: como outras companhias, a Apple é às vezes forçada a distribuir “patches” – ou mesmo uma atualização completa – por que não testou as coisas direito antes de publicar uma nova versão do produto. Deixe que outra pessoa qualquer avance o sinal na sua frente – quando a barra estiver limpa, então invista os recursos necessários à atualização da sua tecnologia.

Leia mais:   Quanto vale uma consultoria empresarial?

Não saia baixando cegamente tudo o que você vê na Internet.

Bem, isso deveria ser um tanto óbvio. Mas quando se trata de atualizações tecnológicas em seu escritório, nunca deixe de certificar-se de que esta é a versão genuína do software que você está procurando. Existem um monte de programas “anti-virus” picaretas que podem fazer um refém do seu PC, sob o pretexto de tentar baixá-los da Internet. Tenha sempre certeza absoluta do que você está fazendo, antes de clicar esses atraentes botões de download.

As máquinas do seu escritório têm mais de 5 anos de idade?

Em caso positivo, está na hora de trocá-las: aposente esse hardware e obtenha alguns modelos mais novos. Considere a possibilidade de substituí-los por tablets, ou pelo menos comprar um novo equipamento que já venha com o último sistema operacional pré-instalado. Algumas empresas renovam o seu hardware a cada três anos – estabeleça a periodicidade que melhor atenda ao seu negócio.

Você pode migrar os seus servidores para a nuvem?

Esta pode ser uma grande estratégia para atualizar os seus servidores e deixar a cargo de terceiros a responsabilidade de mantê-los atualizados – e esta é frequentemente uma grande maneira de livrar-se dos custos e do stress de uma manutenção dia a dia, de forma a transferir o foco da sua equipe de TI para tarefas mais críticas ao seu negócio.

Leia mais:   Como vender uma empresa problemática?

A atualização da tecnologia da sua empresa é algo que consome tempo e dinheiro – duas coisas que o seu negócio não pode dar-se o luxo de desperdiçar. Mas ao seguir essas simples dicas, você será capaz de usufruir de todos os benefícios de uma “atualização profunda” com um mínimo de ruptura na rotina dos seus funcionários.

Marco Fernandes

ProLucro Consultoria Empresarial

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?