Construindo Uma Equipe Competente - Ciência ou Arte?Reunir uma boa equipe exige tanto arte quanto ciência. Ter a proporção certa de talento e personalidade na sua equipe pode significar a diferença entre o sucesso de um projeto e um desempenho abaixo da média. Estudos recentes identificam importantes dinâmicas de grupo caracterizadas por equipes de alto desempenho como “aquelas dotadas com a energia, criatividade e comprometimento necessários para deixar outras equipes muito para trás. Essas dinâmicas podem ser observadas, quantificadas e medidas.” Sabe-se hoje que a combinação certa de pessoas em uma empresa, departamento ou projeto influencia diretamente a produtividade, eficiência e, no final das contas, o retorno do investimento de um empreendimento.

Destaquemos alguns passos capazes de ajudá-lo a construir uma equipe à altura da tarefa ou do projeto que você tem em mãos:

Defina as suas metas.

O primeiro passo na estratégia de construção de uma equipe é definir os objetivos do seu time em termos claros e facilmente compreensíveis. Não deixe de delinear quais serão os seus padrões de sucesso, estabeleça prazos cronológicos claros, e defina concretamente as responsabilidades de todos (planejamento estratégico empresarial).

Escolha com sabedoria.

Uma vez definidos os seus objetivos e metas, está na hora de selecionar as melhores pessoas ou tipos de profissionais possíveis para tornarem-se membros do seu time. Isso significa realizar uma profunda observação do conjunto de habilidades de cada indivíduo, bem como avaliar as suas próprias habilidades de liderança (desenvolvimento do perfil empreendedor). Escolha pessoas com excelência em áreas nas quais você próprio possa ser deficiente, e não tenha medo de escolher um sujeito com o qual você normalmente nada tem em comum, se as habilidades dele forem as melhores para servir aos interesses do seu projeto.

Leia mais:   Controlando o trabalho da equipe (mas de longe)

Estabeleça regras de campo.

Estas são as simples diretivas (espera-se que membros da equipe mantenham os colegas atualizados em uma reunião semanal) e linhas-mestras gerais (todo membro da equipe deverá trazer alguma contribuição às sessões de brainstorming) indispensáveis ao sucesso do empreendimento. Uma dica: permita que a equipe tenha voz no estabelecimento das regras, a fim de maximizar o comprometimento. Todos os membros da equipe deverão compreender plenamente as metas do projeto (plano de negócios) e sentir-se investidos em seu sucesso.

Encoraje o debate e o feedback.

As melhores equipes são aquelas que são compelidas ao brainstorm e à colaboração. A criatividade floresce em uma atmosfera onde a comunicação clara e aberta está presente. Não deixe que o temor de seus colaboradores em expressar-se – mesmo que seja para discordarem – conduza a uma cultura de mediocridade.

Construa o consenso.

Ainda que isso possa consumir um tempo razoável, o estabelecimento do consenso é o melhor caminho rumo a uma maior produtividade e à otimização do processo de tomada de decisões. No entanto, tome cuidado com um consenso obtido rápido demais. Você deseja uma equipe cujos membros não tenham medo de expressar as suas genuínas opiniões sobre uma solução proposta, e não um bando de gente dizendo “sim, senhor” somente para satisfazer as suas responsabilidades o mais rápido que puderem. Isso remete-nos ao segundo ponto acima – escolha pessoas que não tenham medo de ser assertivas em suas opiniões, sem serem intransigentes ou propensas ao confronto.

Leia mais:   Como melhorar o meu negócio?

Lidere pelo exemplo.

Seja um modelo de comunicação aberta e honesta (desenvolvimento do perfil empreendedor), e não tenha medo de sujar as mãos no canteiro de obras para impulsionar o engajamento dos empregados, quando isso for necessário. Se você for pedir à equipe para trabalhar à noite ou nos fins de semana na perseguição de uma meta, você deverá estar preparado para estar lá também, ombro a ombro com eles.

Permaneça positivo.

As equipes mais produtivas são aquelas que sentem-se unidas na busca de seus objetivos. Estimule uma atmosfera onde não haja idéias derrotistas, e onde o fracasso seja apenas um detalhe da jornada, e não um embaraço debilitador. Mantenha a visão de todos fixa no prêmio esperado, e evite uma cultura de “culpados e envergonhados.” Afinal de contas, todo mundo trabalha melhor quando não está sob a pressão de um autoritarismo excessivo.

Marco Fernandes

ProLucro Consultoria Empresarial

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?