controlando o trabalho da equipeMuitos trabalhadores criativos hoje em dia são trabalhadores remotos – tanto os freelancers quanto os efetivos – participando de projetos enquanto viajam ou vivem em outros pontos do planeta. Quer seja uma agência de marketing administrando freelancers para projetos de seus clientes, ou companhias listadas na Fortune 500 com empregados trabalhando em casa, esses cenários estão se tornando mais comuns a cada dia em nosso mundo virtual.

Esses arranjos também apresentam um número de desafios inéditos que, mediante um planejamento estratégico adequado, podem beneficiar grandemente a organização, ao mesmo tempo em que ajudam esses empregados a crescer profissionalmente.

Além disso, fatores que motivam equipes criativas a realizar um grande trabalho podem ser aplicados a quase toda situação de trabalho remoto. Observemos alguns poucos princípios capazes de auxiliar agências e empresas que estejam administrando trabalhadores remotos e suas tarefas do dia a dia.

Construa um sentimento de comunidade.

Uma das melhores maneiras de fazer trabalhadores remotos sentirem-se mais próximos da agência gestora ou da própria empresa é através de projetos que crescem em passos colaborativos distintos, algo que inclui feedback e sugestões. É também crucial ter-se certeza de que o feedback seja uma via de duas mãos. Evidentemente, suprir um sentimento de comunidade também significa criar os meios para que trabalhadores remotos conectem-se e colaborem uns com os outros.

Leia mais:   Quando tratar alguém como se ele fosse o seu único cliente

Otimize os prazos de atribuição de tarefas.

Prazos “razoavelmente apertados” parecem ser os que funcionam melhor. O empregador deseja conceder o tempo requerido à conclusão do trabalho, mas também que seja razoavelmente apertado, pois a quantidade certa de urgência parece ter um efeito catalítico. Em muitas situações de trabalho criativo colaborativo, é aparente que a atribuição de ciclos mais curtos pode incrementar o nível de participação da equipe.

Explore uma divisão de trabalho.

Uma das melhores maneiras de se obter colaboração entre empregadores e agentes remotos é quebrar-se o trabalho em componentes discretos. Isso traz dois grandes benefícios a qualquer empresa: primeiro, isso permite às pessoas concentrarem-se nos tipos de tarefas que elas fazem melhor, e segundo, isso exige (e portanto cria) confiança, na medida em que trabalhadores tornam-se dependentes uns dos outros no processo de criar o produto acabado. Essa é também mais uma maneira pela qual uma empresa remota pode tornar-se mais forte.

Alimente o espírito competitivo.

Cada uma das peças discretas do trabalho completado concede aos gestores a oportunidade de reconhecer e recompensar aqueles que houverem-se destacado em seu trabalho. Evidentemente, esse reconhecimento pode também vir do interior da comunidade que você está construindo – mas o afeto mais profundo tem de partir do quartel-general.

Motive os trabalhadores com a chance de trabalhar para clientes de alta visibilidade.

Leia mais:   O que é consultoria empresarial?

Provavelmente a maior motivação para uma comunidade de trabalhadores remotos é a natureza do trabalho em si. A chance desses trabalhadores de submeter idéias, ou de realizar projetos criativos para marcas de renome é altamente valiosa. Acesso a projetos sofisticados de alta visibilidade – seja qual forem os critérios em que isso é definido em sua organização – está entre as mais importantes alavancas ao seu dispor para criar engajamento e otimizar esforços discricionários. Ainda aqui, distribua esses ativos entre os membros da sua equipe remota.

Mantenha a porta aberta.

Disponibilize ao seu trabalhador remoto um canal direto com a sua “sala de estratégia.” Construa um processo para estimular grandes idéias. Traga todos a bordo no processo de maturação dos conceitos. É útil ter-se um forum onde a sua comunidade remota possa lançar idéias para clientes que apreciam o valor de se ter um fluxo constante de insumos e inovações de seus admiradores e consumidores.

Encoraje todos a reconhecer o prazer do trabalho.

Nada é mais envolvente do que o trabalho que é prazeroso de verdade. A simples integração dessa expressão no seu pensamento quotidiano é um grande passo à frente.

Marco Fernandes

ProLucro Consultoria Empresarial

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?