mobilidade de informaçãoFala-se muito em “mobilidade de informação” nos dias de hoje, e por uma boa razão – trata-se de um aspecto criticamente importante do crescimento do seu negócio em um mundo novo de trabalho, que vem experimentando uma transformação constante tanto na tecnologia quanto na maneira com a qual as pessoas a utilizam para processar informações. Mas como saber se a sua empresa tem – ou precisa de – uma real mobilidade de informação?

Para começar, observe como a sua informação é coletada e compartilhada, tanto no interior quanto no exterior da sua companhia, e como a sua informação é utilizada no sentido de incrementar a produtividade e o crescimento. Você é capaz de acessar, com facilidade e segurança, a intranet da sua firma de fora do seu escritório? Converter documentos de papel em arquivos digitais, e vice-versa? Utilizar grandes volumes de dados para obter informações úteis e de alto nível sobre os seus clientes e seus produtos? Você possui a tecnologia correta para acessar informações críticas de negócios, seja lá onde você estiver?

Tudo isso implica em montes de funcionalidade. E isso pode representar um grande desafio. Mas, se você respondeu afirmativamente a qualquer uma das questões acima, então há uma possibilidade de que você esteja no caminho correto. Para todos – e tudo o mais – resta a pergunta: onde você deve começar a procurar por mobilidade de informação?

Leia mais:   Viralidade social: a maneira mais eficaz de trazer visitantes ao seu Website

A criação de uma real mobilidade de informação não é uma dessas coisas que podem ser decretadas por uma ordem executiva. Ela requer o esforço concertado de uma organização inteira – o departamento de TI da empresa, as suas equipes de negócios e de vendas, a turma ralando nas trincheiras, e os guardiões do orçamento – para garantir que os dispositivos apropriados e os sistemas de segurança estejam todos no lugar. As empresas sabem que precisam embarcar no trem da mobilidade de informação, mas muitas vezes não existe nenhum plano concreto determinando a maneira de chegar-se lá.

O primeiro passo, então, é realmente ter-se um plano de ataque concreto. A sua empresa está ainda armazenando documentos de papel que enchem salas abarrotadas de armários? Usando máquinas de fax para comunicação básica? Estes são sintomas de que a sua firma pode não ter uma estratégia abrangente de mobilidade da informação em gestação. Muitas vezes, a melhor maneira de dar o pontapé inicial é trazer equipes de fora, possuidoras de conhecimento nessas áreas.

Por maior que seja a mudança experimentada pelo seu escritório – desde a tecnologia e processos até o tipo de trabalho que você realiza – o coração e a alma de qualquer empresa continuam a ser o seu pessoal. Como se comunicam as pessoas na sua firma? Quão efetivamente os membros da equipe e os departamentos colaboram nos projetos? Há espaço para que atitudes disfuncionais floresçam no ambiente de trabalho? Uma estratégia de mobilidade da informação não trará muitos benefícios a uma empresa onde os funcionários não trabalham bem juntos. A comunicação à moda antiga precisa ser forte e bem sucedida, antes que um escritório possa começar a implementar a mais nova e mais recente tecnologia da informação. Negócios com uma robusta cultura corporativa baseada em uma vigorosa comunicação possuem as sementes de uma real estratégia de mobilidade da informação – se já não possuem a própria estratégia em si.

Leia mais:   O que é e quais são os tipos de pesquisa de mercado?

A informação está na raiz de toda transação empresarial. Não apenas dados em estado primário, mas dados significativos, acionáveis. Ser capaz de discernir aquilo que é verdadeiramente importante, a fim de agir-se efetiva e eficientemente sobre essa informação, é crucial para o sucesso de qualquer empresa. Parte dessa comunicação efetiva envolve tecnologias que permitem aos funcionários permanecer conectados e colaborarem de forma mais fácil. Dar-se acesso seguro à informação através de todos os níveis hierárquicos da empresa é um outro aspecto crítico da verdadeira mobilidade da informação. Dê uma olhada em seus processos e em sua tecnologia – a sua gente tem as ferramentas de que necessita para tomar as decisões críticas que impulsionam o crescimento? E eles têm acesso a qualquer hora, de qualquer lugar, a essas ferramentas? Em caso negativo, você só poderá alcançar uma real mobilidade de informação depois de resolver esse problema.

Não existe um modelo tamanho-único que conduza à mobilidade de informação – muito depende do tipo de empresa que você comanda, das metas que você persegue, e do perfil dos seus empregados. Mas de forma geral, empresas precisam de uma força de trabalho engajada, dispondo da capacitação para conectar-se e compartilhar informação. Uma vez ultrapassado esse obstáculo fundamental, você começará a ver os benefícios de ter-se uma real mobilidade de informação permeando a sua organização.

Leia mais:   Os 3 Principais Perfis Profissionais

Marco Fernandes

ProLucro Consultoria Empresarial

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?