Experiência e inovação nos negócios: quando mexer no que está ganhando?O mercado é extremamente dinâmico e a todo momento surgem novos produtos, variados modelos de gerenciamento e mudanças inesperadas. Hoje em dia, para que uma empresa sobreviva, é necessário não apenas entender todas essas transformações, mas também promover inovação nos negócios. Porém, esse não é um processo simples e demanda avaliação, tempo e flexibilidade no modelo administrativo e gerencial de uma organização.

A inovação não deve acontecer somente quando um negócio vai mal. Ela pode (e deve) ser feita em um momento no qual a empresa esteja obtendo bons resultados também. A decisão sobre o momento certo para inovar vai depender de uma análise profunda e da experiência do gestor para identificar se aquele é ou não o momento certo para trazer novidades a uma companhia.

Pensando no futuro

A inovação nos negócios não diz respeito apenas a encontrar novas saídas para melhorar resultados que não estão indo bem. Ela também garante a sobrevida da empresa no futuro, porque é uma forma de acompanhar e antecipar tendências, colocando seu negócio na vanguarda do mercado.

Porém, muitos empresários perdem as melhores oportunidades de inovar simplesmente porque não conseguem identificar o momento certo para investir seus recursos em novos processos.

Quando uma empresa passa por bons momentos é difícil pensar que ali que se deve promover uma mudança e buscar a inovação, mas é justamente nesse período que a companhia conta com os recursos necessários para buscar novas estratégias, aprimorar produtos ou serviços, integrar novos modelos de gestão e explorar tecnologias modernas. Além do mais, por se tratar de um processo que demanda tempo na avaliação e adaptação para que os resultados comecem a aparecer, o período de sucesso acaba sendo uma excelente hora para pensar, trabalhar e testar o novo.

Leia mais:   Saiba como lidar com imprevistos na gestão financeira

Não deixe para inovar tarde

Infelizmente, é comum que os empresários não entendam as possibilidades que o bom momento do seu negócio possa trazer. Para eles, a inovação só é necessária quando as coisas não andam tão bem e isso pode ser um tremendo erro. Afinal, quando uma crise bate à porta, já não se pode contar com os recursos que antes estavam disponíveis – inclusive, boa parte desses recursos precisam ser usados para garantir a sobrevivência da empresa no mercado e a mudança pode ser uma boa estratégia para se destacar ainda mais.

Sabemos também que o período e as condições já não são mais tão favoráveis para que a empresa invista e teste novos processos, novos produtos ou serviços e novos modelos gerenciais. Assim, fica bem mais difícil encontrar novos caminhos e a inovação nos negócios parece ficar mais distante.

A verdade é que o empreendedor precisa compreender essas mudanças mais amplas de quadro para saber a hora certa de buscar o novo e implantar diferenciais estratégicos em vez de se acomodar e esperar pelo pior. E a experiência conta muito nesse momento.

Uma excelente solução para se compreender com mais clareza quais mudanças sua empresa pode comportar e como é possível incrementar os resultados é procurando pela ajuda de um bom serviço de consultoria empresarial, que vai lhe guiar por todo o processo e oferecer as formas mais eficazes de implementar melhorias em seu negócio e lhe trazer ainda mais benefícios.

Leia mais:   5 erros de gestão que até empresários experientes ainda cometem

Inovação para todos

Outro fator que contribui para que muitos gestores não busquem a inovação é o entendimento de que essas novidades cabem apenas às grandes empresas. Isso acontece porque muitos entendem que as grandes corporações contam com mais recursos, profissionais e tempo para validar novos modelos. É certo que elas contam com mais recursos, mas isso não é garantia de que haverá transformação no modelo de negócio e não significa também que empresas menores não possam implementar mudanças para que ganhem destaque em relação à concorrência.

Inovar deve ser uma cultura presente em qualquer negócio, independentemente do tamanho da empresa. A principal válvula para trazer o novo para uma empresa é investir em uma mentalidade estratégica e criativa, seja para gestores, que precisam ler e compreender bem o mercado, seja para colaboradores, que são responsáveis por aprimorar os processos diários de uma organização. A inovação nos negócios está extremamente ligada à vontade de buscar e promover o novo para não deixar a empresa estagnar e, consequentemente, desaparecer entre tantas novidades que emergem no mercado.

Gostou deste artigo sobre inovação nos negócios? Confira outros textos do nosso blog e entenda melhor sobre planejamento empresarial, como quando atualizar o plano de negócios.

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?