gente talentosaAs Apples, Googles e Facebooks da vida não poupam despesas na hora de recrutar empregados talentosos, em grande parte por que estão com os bolsos cheios de dinheiro. Portanto, quando candidatos potenciais recebem uma ligação de grandes corporações, eles sabem que qualquer oferta subsequente de emprego será lucrativa. Consequentemente, esses talentos gravitam em torno dos grandes atores.

Mas isso não significa que empresas menores não possam competir por grandes talentos – elas simplesmente precisam oferecer aquilo que grandes companhias não podem oferecer. Aqui vão umas poucas dicas para ajudá-lo a roubar grandes talentos dos “big boys.”

A chave do sucesso no mercado de trabalho é identificar a sua vantagem competitiva (planejamento estratégico empresarial). Talvez você não possa oferecer um salário de seis dígitos, mas você pode apelar para a ambição dos candidatos.

Ninguém chega ao topo sem um pique inato e um desejo de causar um impacto. Em uma grande companhia, esses indivíduos não passarão de engrenagens na máquina, mas em sua pequena empresa, você pode dar ao empregado a liberdade de trabalhar em coisas com as quais eles são apaixonados, e assumir papéis que permitem-lhes tornar a empresa melhor de forma tangível.

Por exemplo, em lugar de obrigá-los a buscar aprovação para mudanças, líderes de pequenas empresas podem encorajar empregados a tomar a iniciativa de ajustar algo que não esteja funcionando corretamente, sem a necessidade de selos de aprovação ou de supervisão (desenvolvimento do perfil empreendedor).

Leia mais:   Saiba porque investir em um plano de negócios é fundamental

Juntamente com a oportunidade de causar um impacto na organização como um todo, ofereça um tipo diferente de ambiente de trabalho – onde empregados mais jovens tenham acesso aos executivos do topo e aos líderes dos departamentos. Isso dá à sua equipe a oportunidade de desenvolver novas habilidades e de crescer profissionalmente – algo que gente jovem e ambiciosa sempre achará atraente.

E à medida que eles melhoram, não deixe de premiar o bom trabalho. Promoções e aumentos determinados pelo mérito (ao contrário de tempo de serviço) são um grande incentivo para muitos jovens candidatos a emprego, que sentem repulsão pelo conceito de “degrau corporativo.”

Ofereça um bonus aos empregados que forem mais solícitos junto a consumidores e outros colegas. Disponibilizar um ambiente onde o trabalho duro e as habilidades dos empregados recebem um prêmio imediato pode ser um grande chamariz para jovens talentos, pois eles podem ir mais longe em dois anos com você do que em uma grande corporação.

Muitas pequenas empresas preferem evitar a estratégia de recrutamento utilizada por grandes companhias, por causa dos custos e da competição direta de firmas maiores, mas isso é um equívoco.

Ir direto à fonte e recrutar nas universidades é absolutamente a melhor maneira de capturar jovens talentosos, mas saiba reconhecer aquilo que agrega valor e aquilo que não. Não há necessidade de gastar uma fortuna em canetas ou gadgets que acabarão esquecidos em uma gaveta. Em vez disso, anuncie em websites de estudantes, frequente feiras de carreiras e encontre-se com professores.

Leia mais:   Consultoria Em Pequenas Empresas - Qual Contratar?

Uma outra estratégia usada pelos grandões é a contratação de caçadores de cabeças. Alguns podem valer o que cobram, mas com outros você irá perder tempo e dinheiro. Se você decidir usar um caçador de cabeças no seu recrutamento, faça o seu dever de casa, busque a recomendação de gente em quem você confia, negocie duro, e contrate somente em uma base contingencial.

Ainda que portais de empregos sejam uma grande forma de obter um monte de propostas, peneirar centenas de candidatos de baixa qualidade pode pesar nas costas da sua equipe. Grandes sites como LinkedIn e Catho podem ser efetivos quando você busca preencher certas vagas, mas eles podem não ser a melhor solução para companhias menores que não possuem os recursos para executar uma busca maciça.

A contratação de grandes talentos é meramente o primeiro passo. Manter esses trabalhadores engajados e felizes requer um esforço permanente (planejamento estratégico empresarial).

Uma grande maneira de manter os membros da sua equipe investidos é recompensando com incentivos a sua ambição. Os seus salários devem estar alinhados ao mercado, mas indivíduos de alta performance gostam que uma parcela de seus vencimentos esteja ligada ao seu desempenho. Incentivos não precisam necessariamente ser monetários, porém. Ofereça oportunidades de viagem, e prêmios para reconhecer o grande trabalho de grandes empregados.

Leia mais:   4 maneiras de saber se a sua ideia de negócio é "pé quente" ou uma perda de tempo

Tenha certeza de que não haja nada na experiência de trabalho deles que faça-os querer ir embora. Pessoas que são muito boas naquilo que fazem sentem com frequência a necessidade de fazer mais. Torne a sua empresa um local agradável de se trabalhar, mas encoraje um equilíbrio vida/trabalho sadio. Ofereça espaço suficiente para relaxamento, e patrocine eventos destinados a promover conexões fora do escritório.

Hoje em dia, muitas empresas promovem competições esportivas, algo que dá aos membros da sua equipe a chance de conhecerem-se em um nível pessoal. Isso cria laços mais fortes no interior da empresa, e empregados tendem a não sair da firma quando sentem que têm amigos e aliados em sua equipe.

Finalmente, dê a eles a experiência de aprendizado, os recursos e oportunidades que você prometeu. Ser uma firma pequena não significa que você não possa ter grandes funcionários. Você tem um monte de coisas a oferecer aos talentos mais brilhantes – simplesmente não deixe de cumprir as suas promessas.

Marco Fernandes

ProLucro Consultoria Empresarial

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?