Ideia de negócio: como saber a hora de desistir (ou continuar)Uma perseverança obstinada muitas vezes é considerada a grande virtude de qualquer empreendedor. Mas, a longo prazo, a perseguição de novos projetos tem um considerável custo físico, emocional e financeiro. A consultora Amy S. Choi sugere algumas poucas perguntas que você deve fazer a si próprio, a fim de avaliar se vale a pena continuar insistindo na sua brilhante ideia de negócio, ou se você tem se comportado como um cachorro perseguindo o próprio rabo.

A coisa está avançando?

Talvez a sua ideia tenha começado bem, mas encalhou há muito tempo atrás. Agora é a hora de perguntar a si mesmo se você fez algum progresso real. Se você nunca estabeleceu metas para o desenvolvimento do seu negócio, tente fazê-lo retroativamente. O progresso não é medido apenas em lucratividade. Pense nas propostas que você implementou e nos clientes que você conquistou. A rede que você construiu e os clientes que você cativou estão entre os sinais concretos de que o seu negócio está crescendo, a despeito das suas dúvidas.

O cumprimento das metas do meu negócio está ao meu alcance?

Tente visualizar as metas almejadas, no caso de você decidir ir em frente. Você é capaz de cumpri-las? Não se trata aqui do “poder do pensamento positivo,” mas de recursos reais, o mercado e a economia global. Iniciar um negócio é algo que muitas vezes pode levar anos, e uma ideia que era viável e potencialmente lucrativa no início pode não ser mais viável após um ano de desenvolvimento. Recessões, escassez de crédito e competidores agressivos podem mudar as perspectivas da sua empresa. Pode ser que seja hora de dar uma guinada.

Leia mais:   Vai cumprir as metas de 2011?

Estou jogando um bom dinheiro em um mau negócio?

A escalada do comprometimento é algo muito real. Depois de investir tempo e dinheiro em um projeto, você pode ser levado a acreditar que deve continuar até alcançar o sucesso. Alguns empreendedores endividam-se extensivamente, hipotecam a sua residência, e colocam as suas finanças e o seu crédito pessoal em risco. Você deve fazer um cálculo honesto do investimento financeiro adicional de que a sua empresa necessita. Isso vai dar um impulso real ao seu negócio, ou servirá apenas para ganhar tempo? Se você estiver longe de alcançar as suas metas e o dinheiro não for corrigir o que está errado, você deve parar de investir capital no projeto e, em vez disso, concentrar-se na correção dos problemas.

Eu continuo entusiasmado com essa ideia?

Empreendedores precisam estar energizados com o seu trabalho para sustentarem-se nos negócios e em outros aspectos de sua vida. Quando a sua vida pessoal e a sua saúde começam a sofrer, você pode sentir-se esvaziado ou deprimido em vez de realizado. Examine se você ainda alimenta a paixão que costumava ter por esse projeto, e o que seria necessário para ressuscitar o antigo entusiasmo. Pode ser que para isso você deva reavaliar o problema com o qual está lutando, e fazer o seu negócio crescer em uma nova direção.

Quais as oportunidades que deixei passar?

Leia mais:   5 passos para a construção de um negócio criativo

Inevitavelmente, você deve ter dispensado outros projetos ao insistir nesta presente ideia. Mas se as oportunidades perdidas forem mais instigantes e interessantes para você do que a oportunidade que você tem tentado criar para si mesmo, isso pode ser um sinal de que você precisa transpor as novas portas que estão se abrindo à sua frente.

Todas as dúvidas descritas neste artigo são típicas de negócios iniciados na ausência de um Planejamento Estratégico Empresarial consistente. Converse com um Consultor ProLucro sobre como reescalonar as suas metas em ações de curto, médio e longo prazo, destinadas a recolocar a sua empresa nos trilhos.

Marco Fernandes

Related Post

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?