cooperacao_site[1]

Em meio à rotina e a alta exigência diária, a competição está tão frequente em nossas vidas que temos certeza que nascemos com ela.

No âmbito organizacional essa sensação ainda é maior, as cobranças são cada vez maiores para o crescimento do market share, o alcance de metas e na excelência total entre outras, que nos vemos cercados pela competição.

Para alcançarmos todas as exigências, e nos posicionarmos no mercado de trabalho e em uma boa organização temos que atingir a esses e a muitos outros requisitos, só que essa tarefa não é individual. Além do desempenho individual, trabalhamos com grupos de pessoas, sejam clientes ou equipes de trabalhos, afinal, nenhuma organização se desenvolve sozinha.

Hoje temos vários exemplos de jogos empresarias para treinamento de equipes, mas pouco se encontra sobre um jogo especifico chamado jogo cooperativo. Ele pode ser utilizado para várias situações. Conforme pesquisa, ele é muito utilizado na educação, para estimular nos alunos a cooperação de maneira lúdica e divertida. Porém, há uma vertente aplicada no âmbito empresarial, na qual demonstra ser uma ferramenta excelente para treinamento com as equipes de trabalho, já que se difere dos jogos empresarias tradicionais, que valorizam apenas aquele que ganha sozinho.

É uma técnica alternativa aos métodos tradicionais de ensino, pois constitui a aprendizagem vivencial, na qual o aluno é participante ativo do exercício. É a partir dessa interação que provoca a motivação do aluno que se dá a construção do conhecimento. Além da sala de aula, temos consultorias especializadas atuando no mercado, que desenvolvem e aplicam estes jogos focando a necessidade de cada empresa.

Leia mais:   A participação do contador no plano de negócios

O jogo deve ser proposto com regras e leis, em vez de impô-las. As pessoas ao elaborarem, decidirem e colocarem em prática as regras estarão exercitando uma atividade política e moral. Deve-se possibilitar a troca de idéias para chegar a um acordo sobre as regras.

No final dos jogos cooperativos deve haver um espaço para todos dialogarem sobre a experiência, fazendo o confronto entre estratégias competitivas e cooperativas. O que se ganha e o que se perde em cada uma delas?

Em nossas vidas, sempre estamos envolvidos em equipe, seja na família, no trabalho e até mesmo na hora do lazer. Porém é na vida profissional que o trabalho em equipe se transforma em exigência. As organizações buscam profissionais para formar times cooperativos, onde todos tenham o mesmo objetivo, pois unindo habilidade e competências, alcançamos melhores resultados.

Considerando a conceituação de equipe e as exigências do mercado de trabalho, o jogo cooperativo com suas características próprias é uma ferramenta de abordagem vivencial que propicia aos participantes uma mudança de comportamento e contribui para a socialização, coleguismo, o respeito e o fortalecimento de vínculos afetivos. Possibilitam ainda maior aceitação entre as pessoas.

O mercado exige trabalho em equipe, para isso os modelos mentais deverão ser repensados, e os jogos cooperativos estão à disposição como uma das ferramentas que possibilitarão este processo transformador e de nova postura, a da cooperação.

Leia mais:   4 maneiras de tornar lucrativo um pequeno negócio

O jogo cooperativo é uma ferramenta eficaz para o desenvolvimento de equipes, já que desenvolve nos membros da equipe atitudes de empatia, cooperação, estima e comunicação, busca a participação com contribuições de todos para o alcance de metas coletivas. Porém, através das pesquisas constatamos que poucas organizações buscam especificamente utilizar o jogo cooperativo como ferramenta para desenvolver equipes, a ferramenta é proposta pelas consultorias que oferecem treinamentos nesta área, mesmo assim são poucas as especializadas e que aplicam os jogos cooperativos nos treinamentos.

Sabemos que a cultura da cooperação é relativamente novidade no âmbito empresarial, por isso destacamos que se aplicada será mais um grande diferencial.

ProLucro

Related Post

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?