gestão financeiraO sucesso de uma empresa depende diretamente da sua eficiência na gestão financeira. Mais ainda do que isso, a sobrevivência e o controle de uma empresa estão ligados a como ela lida com o planejamento, organização, controle e monitoramento dos recursos financeiros. Neste post vamos avaliar cinco dicas essenciais para a melhoria imediata da gestão financeira da sua empresa.

1 – Saiba o quanto custa

A primeira dica é talvez a mais importante. Você conhece todos os gastos da sua empresa? Quanto custa para mantê-la funcionando, e, mais importante, quanto custa para que ela seja lucrativa? Comece por determinar o valor real de todos os produtos e serviços pelos quais você paga. O controle de recibos e da folha de pagamento também estão incluídos neste item. Com todos esses números na ponta do lápis, você vai visualizar o valor real do seu negócio, incluindo a renda esperada, despesas fixas e variáveis, e saber onde investir, o que nos leva ao próximo item.

2 – Não gaste, invista

Sua empresa está atuando com o máximo de eficiência possível? Quais são os setores e departamentos mais produtivos, e quais são os menos produtivos? É a partir desta análise que surge a possibilidade de implementar mudanças, cortar gastos supérfluos e enfim investir no que trará frutos a médio e longo prazo. Se a sua despesa não garante diretamente o benefício da sua empresa ou a qualidade do trabalho que você desenvolve, não gaste.

Leia mais:   Política de Satisfação do Cliente: quais são os limites?

3 – Prepare um planejamento estratégico

Agora que você já definiu o quanto precisa de gastar para manter o seu negócio, é preciso fazer o planejamento estratégico que vai lhe indicar onde sua empresa se situa no momento e o que você almeja alcançar no futuro. É um documento indispensável, já que nele estão detalhadas as finanças da sua empresa e as suas atividades, quanto dinheiro você precisa e a origem deste dinheiro. O planejamento estratégico define a missão da sua empresa no mercado, e o ideal é que a sua equipe financeira faça um planejamento de cinco anos, renovado anualmente.

4 – Separe o pessoal do comercial

Outra forma de manter a organização financeira da sua empresa é separar as contas bancárias. Separando o que é seu e o que é da sua empresa, fica mais fácil controlar os gastos e evitar que você tenha problemas com contas pessoais ao final do mês. Tenha uma conta dedicada para a sua empresa, e um cartão de crédito com um limite controlado apenas para os gastos comerciais. Desta forma você terá a flexibilidade para controlar e planejar gastos sem sobreposições.

5 – Enfrente os problemas o quanto antes

Por fim, é importante saber que problemas surgirão, e é importante enfrentá-los o quanto antes. Procure ajuda de um profissional na área financeira, para evitar que qualquer impasse se torne um empecilho para a saúde da sua empresa e o bem-estar dos seus clientes. Um bom planejamento pode evitar despesas repentinas e minimizar o impacto para a sua empresa.

Leia mais:   Entenda a importância da pesquisa de mercado

Gostou das nossas dicas para a gestão financeira da sua empresa? Deixamos de citar algo que você considera importante para que tudo corra como planejado? Deixe o seu comentário!

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?