Ambiente de Trabalho VirtualVocê teve mais um inverno no vermelho (plano e gestão de crise financeira), e acaba de descobrir que o aluguel do seu escritório vai dobrar. De repente, passou pela sua cabeça que este é o momento perfeito para tentar aquela idéia de um “escritório virtual”?

A companhia de software de Carlos transformou-se em uma equipe remota há exatos doze meses atrás. No presente momento, cerca de 40% dos seus empregados vivem fora do estado, e um número ainda maior trabalha remotamente vários dias por semana. De lá para cá, ele descobriu alguns prós – e contras – para compartilhar com aqueles que estejam considerando trocar o seu atual local de trabalho por um escritório remoto. Vejamos primeiramente umas poucas razões pelas quais o trabalho remoto pode ser uma boa para o seu negócio:

Você precisa contratar gente para posições altamente especializadas.

A sua porta precisa permanecer amplamente aberta a candidatos qualificados, independente de onde eles residam. Novos contratados não têm de abandonar as suas cidades nem desfazer as raízes de suas famílias, tornando você um empregador mais atraente. Como bônus adicional, você não precisará de arcar com pacotes de relocação.

Você deseja dar liberdade a seus empregados.

A esposa do seu novo empregado recebeu uma oferta de um emprego perfeito fora do estado. Eles puderam mudar-se por que o marido pode trabalhar remotamente. O trabalho remoto tem a ver com encontrar-se o lugar onde você trabalha melhor. Nem sempre trata-se de uma cidade (ou país) diferente – às vezes você é mais produtivo em sua própria sala de estar.

Leia mais:   O planejamento estratégico em empresas familiares

Os seus empregados desejam flexibilidade.

Em vez de serem expulsos do escritório até o encanador concluir o seu serviço, os membros da sua equipe podem fazer um dia inteiro render, trabalhando cada um em sua casa. A flexibilidade do local de trabalho reduz o stress, o que muitas vezes resulta em empregados mais felizes e mais produtivos.

Você deseja reduzir a evasão de empregados.

A capacidade de trabalhar remotamente ajuda-o a conservar gente talentosa em sua equipe. Os seus empregados podem mudar-se, se assim o desejarem ou precisarem. Eles podem optar por explorar outra cidade sem precisar faltar ao serviço. Muitas pessoas têm oportunidades que poderiam ser exploradas, se o seu trabalho não os mantivesse grudados em um local específico.

Por outro lado, partir para um ambiente remoto pode ser um equívoco se:

Você não sabe impor limites.

Um dos problemas com o trabalho remoto é que algumas pessoas não sabem a hora de parar. O New York Times recentemente relatou que empregados remotos trabalham uma quantidade de horas 9,5% maior do que seus colegas em escritórios tradicionais. Isso pode parecer ótimo a princípio, mas a exaustão é inevitável. Definindo-se as expectativas do serviço, você pode ajudar seus empregados a recarregar as baterias sem que eles sintam-se culpados.

Você está partindo para o trabalho remoto somente para economizar dinheiro.

Leia mais:   Aprenda a escutar: Como responder a queixas de clientes

Para a maioria das empresas, o trabalho remoto não representará economia de dinheiro. Na verdade, isso poderá custar-lhe mais. Você precisará investir em tecnologias para uma boa comunicação, tais como microfones de alta-qualidade, alto-falantes, fones e projetores. Você também precisará de uma ou duas reuniões presenciais anuais para fortalecer a equipe. Despesas de viagem podem facilmente ultrapassar os custos de um escritório. Fazer economia em cima de ítens essenciais pode ser contraprodutivo.

Os líderes não saem mais do escritório.

Líderes precisam afastar-se, nem que seja por uma única viagem no verão. Do contrário, os gerentes nunca captarão inteiramente as necessidades de seus empregados remotos. Eles não serão capazes de dar suporte à equipe, e o moral sofrerá com isso.

Você não está disposto a mudar a sua forma de comunicar-se.

O trabalho remoto traz à tona o problema da má comunicação. Quando estão todos no escritório, é facil para as pessoas olharem à sua volta e absorverem a cultura. Ao fazer-se a transição para o trabalho remoto, pode ser que as coisas não sejam traduzidas direito inicialmente. Com o tempo, a utilização de mensagens instantâneas e aplicativos de vídeo-conferência tais como Skype, HipChat e Google Hangout pode manter todos conectados e informados.

A despeito das dificuldades iniciais, os benefícios do trabalho remoto podem proporcionar-lhe melhores resultados e mais foco do que permanecendo em um escritório tradicional.

Leia mais:   Os 6 erros mais comuns na criação de um planejamento estratégico

A sua empresa precisa avaliar as suas intenções de partir para um ambiente remoto, antes de dar o necessário salto. Ao estabelecer um plano adequado (planejamento estratégico empresarial), você será capaz de manter a sua equipe antenada e de conservar a sua cultura.

Marco Fernandes

ProLucro Consultoria Empresarial

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?