O Que Empreendedores De Alto Desempenho Fazem Quando O Tempo FechaA última década de empreendedorismo transcorreu em um ambiente rapidamente mutável de crescimento, lutas, triunfos e confusão. Os alicerces com os quais a pequena empresa contava no passado para a sua estabilidade e crescimento desmoronaram, deixando em seu rastro uma dispendiosa colcha de retalhos de esforços improvisados e estratégias bipolares de negócios.

Fundamentalmente, o comportamento de vendas e de marketing já não é mais o mesmo. Avanços tecnológicos tornaram o acesso preciso a complexas soluções de negócios mais fáceis do que nunca. Sistemas de dados estão mais velozes e mais gente possui smartphones mais inteligentes com acesso mais rápido à Internet. Coisas que nem pensávamos conhecer antes são agora rapidamente respondidas por uma busca de áudio no Google. Os negócios já não se resumem a ter acesso privilegiado a informações de vendas.

Mudanças sociais tornaram mais fácil do que nunca construir e manter relacionamentos lucrativos. Fronteiras externas tais como fusos horários, localização e meios de comunicação têm evoluído rapidamente. As pessoas hoje podem compartilhar imagens, vídeo, breves pensamentos ou até mesmo a sua atual localização com milhares de indivíduos com apenas uns poucos cliques do mouse. Os negócios agora giram em torno de ricas conversações com uma platéia espalhada pelo mundo inteiro.

Essas mudanças vieram para ficar. Você pode falar o quanto quiser sobre os “bons velhos tempos,” mas não se iluda. O jeito antigo de se fazer negócios simplesmente não funciona mais. E essa é a razão pela qual muitas empresas estão lutando para sobreviver neste exato momento.

Leia mais:   Técnico x Gerente x Empreendedor: Quem você é?

Os experts com excessiva frequência falam-nos sobre o que costumava funcionar, algo que pode deixá-lo ainda mais confuso e frustrado. Se você é como um monte de outros empreendedores, você não está inteiramente seguro quanto ao que fazer. Isso é frustrante – não saber como impulsionar o crescimento de um negócio.

Dá-nos medo ver aquilo que construímos ser ameaçado por algo que não podemos mudar.

Mas segundo o estrategista de negócios Dan Waldschmidt, a resposta não está tão longe quanto você possa estar pensando. Depois de quatro anos examinando 1.000 pessoas de alto desempenho na área dos negócios, matemática, ciência, política e esportes, a sua companhia descobriu quatro qualidades distintas que empreendedores de sucesso exibem nas horas de confusão ou mudança.

Ele procurou por traços de caráter ou tendências de personalidade comuns para esclarecer o motivo pelo qual eles foram bem sucedidos diante de seus competidores em uma dada indústria. Chegou-se então a quatro filosofias e a um jeito diferente de olhar para o mundo peculiares a esses líderes. Essas quatro atitudes podem ajudá-lo a adaptar as suas atuais metodologias e estratégias ao ambiente de negócios à sua volta:

1. Pessoas de alto desempenho compreendem que resultados radicais exigem comportamentos radicais.

Eles não se importam em ser extremos. Derrubar uma ditadura é um trabalho duro. Exige sacrifício, propósito e emoção crua. O mesmo comportamento extremo capaz de remover um governo pode ajudá-lo a ultrapassar os outros competidores em sua indústria.

Mas simplesmente fazer um pouco mais não basta. Você precisa fazer muitíssimo mais. Lembre-se disso. Ser extremo é uma estratégia vencedora – e não maluca.

Leia mais:   Experiência e inovação nos negócios: quando mexer no que está ganhando?

2. Pessoas de alto desempenho compreendem que a disciplina se parece muito com a insanidade ao longo do caminho.

Eles são disciplinados. As táticas que costumavam funcionar depois de duas ou três investidas agora levam de 10 a 15 tentativas. Ser consistente com isso nunca foi tão importante quanto agora. Em uma sociedade onde o acesso a respostas está no smartphone que você carrega no bolso, você tem de ser incansável na sua execução e consistente no seu modo de mudar percepções à sua volta.

Só por que todo mundo à sua volta está dizendo-lhe para ser razoável, arranjar um emprego de verdade ou escutar os fatos não significa que eles estejam certos. O sucesso sempre é parecido com o fracasso até não haver mais dúvidas.

3. Pessoas de alto desempenho acreditam que dar mais valor é um sinal de força, e não de fraqueza.

Eles têm uma mentalidade doadora. A generosidade é uma coisa tão rara que, quando a percebemos, ficamos comovidos em um nível profundamente pessoal. Dar valor além do que as pessoas pagaram é uma maneira de reposicionar a sua empresa em meio ao confuso mercado de hoje em dia. Isso gera uma experiência que os seus consumidores não esquecerão.

Ser inesquecível é a melhor maneira de ganhar uma crescente fatia do bolso dos consumidores. É a resposta para uma melhor perspectiva de engajamento e ações consistentes de marketing. E isso começa com você dando bem mais do que aqueles à sua volta esperam.

Leia mais:   Como vender uma empresa problemática?

4. Pessoas de alto desempenho sabem que quanto mais lógicas as coisas parecem ser, menos elas realmente são.

Esses líderes possuem uma estratégia humana. Não é a informação que é realmente importante. Pessoas são muito mais do que nomes e números em uma planilha. Para ser verdadeiramente efetivo, você precisa puxar os cordões do coração humano. Você precisa de inteligência emocional. Você precisa ser capaz de ler nas entrelinhas.

O mesmo comportamento irracional que você acha imperdoável nos outros é a fiação padrão pela qual você toma todas as suas decisões. Você não é diferente. Compreenda que a humanidade é uma força poderosa para as conexões e relacionamentos.

Isso é algo que você precisa encarar: as regras mudaram. Os negócios são diferentes agora. Você pode tentar lutar contra isso e continuar combatendo, ou então você pode investir em outras pessoas e tirar vantagem de um ambiente que está pronto para a ascensão de heróis como você. A confusão é uma opção. Opte por ser surpreendente. Seja extremo, disciplinado, generoso e humano.

Marco Fernandes

ProLucro Consultoria Empresarial

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?