finanças pessoais vs empresariaisVocê está tentando decidir entre manter as suas transações pessoais e empresariais juntas, ou abrir uma nova conta empresarial? Esta pode ser uma decisão difícil, considerando-se que a administração de múltiplas contas aumenta a sua carga de trabalho na área da gestão financeira. Porém, os benefícios de abrir-se uma conta empresarial para gerir as entradas e saídas do seu negócio superam, e muito, todas as desvantagens.

Cansado desses intermináveis cálculos de impostos? Essa demora pode estar sendo causada por que você tem misturado o seu universo pessoal com o empresarial. Mesmo utilizando algum programa online para concluir a tarefa, o processo de separar-se as transações empresariais das pessoais pode tomar um longo tempo. E o que é pior, se cometer algum engano sério, você pode acabar tendo problemas com o fisco.

Para ter certeza de que você está indo na direção certa com a sua empresa, é preciso uma vigilância constante. Toda transação é importante e todo movimento que você executa é vital. Mas quando as transações do seu negócio estão misturadas às suas transações pessoais, crescer na direção que você deseja torna-se uma coisa muito mais difícil. Um controle financeiro onde é difícil distinguir despesas de caráter privado daquelas referentes ao seu negócio perderá grande parte da sua utilidade, expondo-o ao risco de basear-se em dados imprecisos e, consequentemente, tomar decisões com resultados ruinosos.

Leia mais:   5 dicas para criar um ambiente de trabalho saudável e produtivo

Em outras palavras, isso pode prejudicar sensivelmente a sua capacidade de determinar se a sua empresa está dando lucro ou prejuízo.

Digamos que você deseje escrever um relatório das suas despesas. O tempo adicional de que você precisará para separar as suas transações pessoais significa que essa tarefa irá tornar-se muito mais penosa. E mais, se você cometer algum engano, isso poderá afetar negativamente a qualidade do seu relatório.

Em algum ponto da sua carreira empresarial há a possibilidade de que você seja submetido a uma auditoria fiscal. Por mais corretas que sejam as suas contas, o governo poderá em um dado momento desejar checar a consistência dos seus livros. Quando isso acontecer, você vai querer que eles encontrem pela frente uma trilha clara e fácil de percorrer. Caso contrário, você pode ver-se diante de um monte de explicações a serem dadas, cartas a serem escritas, visitas oficiais e, possivelmente, até mesmo multas.

Se todas essas razões não foram suficientes para convencê-lo, há ainda o fator psicológico. Você deseja sentir-se como proprietário de um negócio de verdade ou prefere a eterna sensação de estar praticando um hobby, e não comandando uma empresa? Então, você precisa agir como uma empresa. Quando os seus clientes emitem um cheque nominal à sua pessoa física, há uma falha no nível de profissionalismo que você está tentando alcançar. Se, por outro lado, o cheque for nominal à sua empresa, essa transação automaticamente passa a refletir o clima de uma transação empresarial.

Leia mais:   Avaliação de Empresa: quem contrata e o porquê

Esse sentimento de profissionalismo pode estender-se pelo resto da sua vida. Graças a esse detalhe aparentemente insignificante, de repente você irá sentir-se mais confiante para levar adiante tudo o mais na sua vida profissional, incluindo vendas, campanhas de relações públicas e interações com consumidores.

Marco Fernandes

ProLucro Consultoria Empresarial

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?