vendo bem lucro poucoSe alguém visita a sua empresa, depara-se com uma atividade febril, você parece estar operando no limite da sua capacidade, os pedidos chegam com aparente regularidade, não faltam clientes, e vão dizer – aí está um empreendedor bem sucedido. Acontece que, mesmo vendendo bem, essas boas vendas não são refletidas nos seus balanços, e ao fim de cada mês, você acaba concluindo que não está lucrando tanto quanto deveria.

A situação descrita acima é típica de um empreendimento que tem tudo para dar certo, mas até corre o risco de fracassar, por conta de um planejamento falho, ou mesmo pela ausência de qualquer plano que seja. Empresas sem planejamento podem até sobreviver, e você até pode virar-se sem uma estratégia de negócios por um período considerável de tempo. Você pode mesmo permanecer no mercado pelo resto da vida.

Mas se além de meramente “sobreviver no mercado”, você deseja ser de fato bem sucedido, você não pode se dar o luxo de ir em frente sem um planejamento estratégico. Em um plano desse tipo, você propõe o quanto espera crescer ao longo de um determinado período de tempo, identifica os recursos que precisará alocar para essa investida, estabelece as metas concretas que pretende cumprir no período proposto, e desenvolve estratégias destinadas ao atingimento dessas metas em prazos mínimos.

Leia mais:   Preciso saber quanto vale minha empresa

Um plano estratégico nunca será completo sem avaliações periódicas, onde você determinará se as metas foram ou não cumpridas, e tomará novas decisões estratégicas com base nessa avaliação. As metas podem ter sido superadas, sugerindo que você possa acelerar o ritmo na etapa seguinte. Ou você pode ter ficado aquém das suas metas, apontando para a necessidade de voltar a empunhar o lápis e efetuar correções no seu plano de vôo.

Para ser bom de verdade e trazer os resultados esperados, um plano estratégico precisa ser simples e objetivo. Planejadores inexperientes, de forma geral, têm dificuldade em obter essa simplicidade, e acabam saindo-se com estratégias de operação complexa, que refletem-se em baixo rendimento, ou mesmo na ausência de resultados. Se você nunca seguiu um plano em seus negócios, vale a pena investir no suporte de um profissional competente, para ajudá-lo a construir uma estratégia sensata, evitando os erros mais comuns que acometem os iniciantes. Em uma etapa mais avançada, então, você mesmo poderá traçar os seus próprios planos subsequentes e (se for um bom aluno) a sua dependência de uma consultoria será menor.

FAÇA AGORA UM ORÇAMENTO SEM COMPROMISSO

 /  

Leia mais:   Preciso vender mais

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?