Perfil EmpreendedorSer um empreendedor de sucesso é um desejo de muitas pessoas. O crescimento profissional está muito ligado ao que a pessoa gosta de fazer, às suas habilidades natas e àquelas que pode adquirir através de experiências e treinamento. Há diferentes perfis empreendedores, com pontos fortes e fracos. Por isso, é preciso conhecer bem seu próprio perfil e aproveitar esse conhecimento para se decidir por um tipo de negócio.

Descubra seu perfil empreendedor agora mesmo! Acompanhe.

A importância do autoconhecimento

O autoconhecimento é fundamental para que o empreendedor descubra seu próprio potencial e melhore suas habilidades de modo a fazer melhor uso delas na vida profissional. Não se pode melhorar aquilo que não se conhece. Se a pessoa desconhece suas próprias capacidades e limitações, será muito mais fácil errar sempre que se decidir por um empreendimento.

Desenvolvimento das habilidades

Descubra seu perfil empreendedor, conheça melhor seus pontos fortes e pontos fracos e tente aprimorar tudo o que for positivo e libertar-se do negativo. Trabalhando em sua própria auto descoberta, o homem adquire maior segurança para decidir, mais autoconfiança para gerir um negócio, enfrentar a competitividade e reduzir as possibilidades de fracasso. Saberá também lidar melhor com as dificuldades e problemas que aparecerem.

Lembre-se também de que perdas e fracassos fazem parte da vida de qualquer um e, no mundo conturbado e concorrido dos negócios, isso é muito comum.

Leia mais:   Construindo uma equipe competente - Ciência ou Arte?

Tipos de perfil empreendedor

Para melhor definir seu próprio perfil, considere essa pesquisa, efetuada pela Endeavor Brasil (organização de incentivo ao empreendedorismo) e pelo Grupo Troiano. Essa pesquisa com análises qualitativa e quantitativa entrevistou aproximadamente 4.000 pessoas, em 14 capitais das cinco regiões do Brasil.

A partir da análise de características comportamentais, aspectos motivacionais e de gestão, o estudo definiu 6 perfis de empreendedores, que seguem listados e acompanhados do percentual correspondente:

  • Nato (9%);
  • Meu Jeito (14%);
  • Situacionista (31%);
  • Herdeiro (9%);
  • Busca do Milhão (25%);
  • Idealista (12%).

O situacionista é aquele que apresenta potencial mínimo para tirar, realmente, sua ideia do papel. 73% dos entrevistados dão prioridade à qualidade de vida, deixando para segundo plano a superação constante (não é à toa que apenas 1,5% das empresas empregadoras brasileiras apresentam crescimento acelerado).

Baixe agora o nosso eBook!

Qualidades do bom empreendedor

Conforme esse mesmo estudo, confirmou-se que o perfil empreendedor dispõe de 5 qualidades essenciais:

  • Otimismo;
  • Autoconfiança;
  • Coragem para aceitar e enfrentar riscos;
  • Desejo de protagonismo;
  • Resiliência (capacidade do indivíduo de enfrentar problemas, resistir às pressões e superar obstáculos sem cair, necessariamente, em depressão ou ter surto psicológico).

Isso comprova que o bom empreendedor deve conhecer as possibilidades de perdas e prejuízos e saber o momento de arriscar. Tudo na vida está sujeito a riscos; portanto, não existe segurança absoluta – muito menos no mundo dos negócios e das finanças, onde a volatilidade é maior que a estabilidade. Ainda assim, o empreendedor deve correr os riscos, perder e ganhar, sofrer impactos, mas não sucumbir.

Leia mais:   6 dicas para aumentar a produtividade empresarial!

Liderar e decidir

O autoconhecimento ajuda o empreendedor a liderar, a conduzir equipes e pessoas a trabalharem para os melhores resultados. Conhecendo-se melhor, ele também conhecerá melhor seus funcionários e parceiros, entenderá o perfil de cada um e fará bom uso desse conhecimento. Se está mais confiante em si mesmo, é conhecedor de suas habilidades e limitações, das habilidades e limitações de sua equipe, do potencial e restrições de sua empresa, o empreendedor sempre tomará as melhores decisões, pois estas serão tomadas com bom senso, baseadas em observações cuidadosas, sem precipitações ou medo.

Qual o seu perfil de empreendedor? Comece a fazer sua autoavaliação, a fim de alcançar maior confiança em si mesmo!

Compartilhe sua opinião e não deixe de curtir a nossa página no Facebook!

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?