trabalhar em casa

Trabalho em casa exige antes de tudo disciplina, reflexão e análise. Apesar de esta ser a vontade de grande parte das pessoas, por oferecer uma maior comodidade, nem todas se adaptam a tamanha responsabilidade. O primeiro passo é saber identificar as diferenças e o que mais se enquadra em seu perfil.

Rotina e disciplina, estes são os principais aspectos para que uma pessoa possa trabalhar em casa e obter rendimento e resultados, porem não são todos os profissionais que conseguem estruturar um ambiente de trabalho em casa. Até mesmo o stress pode interferir na sua decisão. Algumas pessoas conseguem adaptar-se melhor a escritórios convencionais e às rotinas e horários fixos que estes possuem.

Existem também as habilidades para se trabalhar em casa. Se o objetivo for abrir seu próprio negócio, diversas outras questões necessitam ser analisadas com cuidado, por exemplo, disponibilidade de capital, prática nos negócios, capacidade de vendas, organização e, acima de tudo, se este é o momento certo de trocar de carreira e encarar novas responsabilidades.

Abrir o próprio negócio requer muita cautela, pois você corre o risco de apostar aquilo que não possui. Trocar de carreira impulsivamente para abrir a sua própria empresa e trabalhar em casa pode transformar-se em pesadelo, e destruir o sonho que muitas pessoas possuem de ter uma maior flexibilidade e comodidade.

Se você pretende trabalhar ou montar o seu próprio negócio em casa, imaginando que assim terá mais tempo de sobra, chegou a hora de encarar a realidade com outros olhos. Esse tipo de trabalho exige boa administração do tempo, além da indispensável disciplina. É necessário saber separar corretamente as suas responsabilidades, não misturando as tarefas pessoais com as da empresa.

Leia mais:   Decreto Nº 8.538/2015: O que muda na Lei Geral das MPE?

A grande questão que deixa principalmente muitas mulheres em dúvida é em relação aos filhos pequenos. A dificuldade em separar as responsabilidades de ser mãe com as de ser uma profissional já se configura em um desafio para muitas mulheres que trabalham em escritórios convencionais, e para aquelas que trabalham em casa a situação pode ser ainda pior.

O primeiro passo a ser dado nesse caso é ter uma boa conversa com os demais responsáveis pela criança, dividir tarefas e estipular horários. É necessário equilibrar todas as áreas da vida para que tudo funcione bem, principalmente a avaliação da disponibilidade de tempo que possui.

A escolha do que você deseja fazer também é muito importante, pois assim você irá definir as suas expectativas e planejar como deseja executar suas funções para garantir o resultado esperado. Talvez essa seja uma das questões mais importantes para se decidir trabalhar ou não de casa, diminuindo assim as chances de se criar falsas expectativas sobre o que trabalhar em casa realmente significa.

Outro aspecto importante é a compreensão de todos os membros da família. Exercitar a mentalidade de todos para que compreendam que trabalho em casa é tão importante quanto um trabalho convencional, implicando em uma responsabilidade equivalente, se não maior. Nesse aspecto a compreensão e flexibilidade de todos é de suma importância, pois só assim será possível exercer as funções com a mesma qualidade de um trabalho convencional, fazendo do local apenas um mero detalhe.

Leia mais:   Os 3 Principais Perfis Profissionais

ProLucro

Related Post

Alguns vídeos que podem lhe interessar:

O que é e quanto custa um PLANO DE NEGÓCIO?
O que é e quanto custa um PLANO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL?
O que é e quanto custa uma AVALIAÇÃO DE EMPRESA?